artigos etiquetados por ‘ferro’
que ousadia! (excerto)
08.10.2011arquivado em: DiaRiuM, TiNTa FReSCa 9

Acordei com a mão esquerda a segurar os tomates. Nada de anormal este meu acordar; gosto de coçar, acariciar os meus tomates (poderia dizer testículos, mas essa palavra transmite uma ideia de inocência; e os meus tomates são tudo menos inocentes) – gosto de os sentir como contrafortes de um membro que mesmo em hibernação revela respeito.
Saí do sono verdadeiramente satisfeito, a abraçar de braços abertos as minhas almofadas king size Reykjavik-Eider em seda e com metade do corpo acariciado por um edredão Jon Sveinsson; não sou pessoa de gostos elitistas, mas gosto de me vestir com a cama – será um fetiche?

azul e ferro
26.09.2011arquivado em: DiaRiuM, NeGaTiVoS 0

na serra da marofa.

francisco martins
21.05.2011arquivado em: DiaRiuM 3

Francisco Martins, filho de Felicidade Martins e de António Rodrigues da Silva nasceu em Barcelos a 9 de Setembro de 1931 e residiu no Lugar do Bonfim até à sua morte em 21 de Agosto de 2009.

homem de ferro: crash
24.04.2011arquivado em: DiaRiuM 2

Mais uma Graphic Novel do que posso chamar directamente do sótão.

dois comentários
16.09.2010arquivado em: DiaRiuM 2

1º – sobre o filme Homem de Ferro II
2º – sobre os jogos

irons
12.09.2010arquivado em: DiaRiuM, NeGaTiVoS 0

small pieces of iron.

porquê sr. matias? (excerto)
01.09.2010arquivado em: DiaRiuM, TiNTa FReSCa 1

Já não era apenas quando chegava de férias que encontrava o meu porta lápis desprovido de canetas, de lapiseiras, de lápis, de tesoura, de corrector, de réguas, de afia lápis, de corta papel, de borrachas, de tira-agrafos, de x-acto, mas tal coisa nunca me ralou, apenas perdia por tradição alguns minutos a pensar quem teria levado o material tendo em conta que eu era o único funcionário no escritório, porque assim começava o trabalho com novo material e adoro especialmente afiar o novo lápis, a ponta fica fina como um estilete, é a única tarefa realizo com imensa atenção e prazer, mas actualmente era a qualquer momento que as minhas coisas saíam do lugar e o culpado tinha agora rosto.

janela?
03.12.2009arquivado em: DiaRiuM, NeGaTiVoS 0

o passado sempre presente.

2 em 1
21.05.2007arquivado em: DiaRiuM 0

Portugal é um país ímpar. Compro um bilhete de comboio e ando, também, de autocarro. Ida a Viana do Castelo para levar a família mais recente a passear no renovado funicular e devido a obras na ponte do caminho de ferro, ainda pude andar num autocarro (o modelo carroça de bois da Transdev) de Darque […]

calinadas
02.10.2006arquivado em: DiaRiuM 0

Sou conhecido entre as pessoas que me conhecem – naturalmente – por erros obtusos em adágios e principalmente por Sir Paxo.

  • copyright © 1999.2014 porta VIII. all rights reserved | todos os direitos reservados.
  • porta VIII é corajosamente alimentado pelo wordpress
são regularmente gastos na produção e manutenção deste blog uns bons pedaços de caldo, suaves e frutadas cervejas.